A escassez de tempo no mundo empresarial e a grande quantidade de adversidades geradas pelo mercado cobram que as empresas se prepararem mais rápido para o embate de desafios, sendo assim possuem pouco tempo para prepararem as pessoas, esse fator impulsiona as empresas a realizarem suas contratações de forma rápida e pesando muito suas escolhas sobre a experiência e conhecimento técnico dos profissionais. Porém também é comprovado que a grande maioria das demissões é realizada pela falta de resultados caracterizados por comportamentos inadequados ou ainda pela incapacidade prática de realizar trabalhos dentro dos padrões solicitados pela empresa.

A melhor forma de combater essa realidade e obter maior assertividade em processos seletivos é apoiar suas decisões em um mapa de competências empresariais, ou seja, não somente as características técnicas, mas também comportamentos e valores que comprovadamente fazem a diferença na geração de resultados em seu negócio, independente do segmento e porte da sua empresa.

A definição de um mapa de competências deve ser dimensionada a posição a ser preenchida, respondendo a CHAVE de Competências com perguntas que contribuam diretamente na identificação 360° do profissional que melhor se adaptará ao cenário de desafios estabelecidos, evidenciando como estão seus:

Conhecimentos: Quais são as competências técnicas, conhecimentos, cursos, especializações, aprendizados e capacitações que o profissional deve possuir ou deve adquirir, para ocupar essa posição?

Habilidades: Em seu histórico de experiência e resultados obtidos, como ele coloca em prática os conhecimentos adquiridos executando suas tarefas e responsabilidades com determinação?

Atitudes: Posturas e comportamentos necessários para que o mesmo possa realizar com eficácia e harmonia suas responsabilidades gerando assim resultados positivos em suas ações e objetivos?

Valores: Quais são os costumes e essências morais da organização que são importantes que o profissional possua para obtenção de uma conduta alinhada à moralidade da organização no ambiente interno?

Entorno: Como o profissional se compromete com ele mesmo no aprimoramento de seus conhecimentos, comportamentos e busca de resultados e como a empresa pode gerar condições para que o mesmo desperte seu potencial e continue se desenvolvendo?

Após a composição do mapa ideal de competências, planejar a melhor forma de aplicá-las dentro de um processo de entrevista garante a maior assertividade na escolha dos talentos adequados aos desafios da organização, a prática da CHAVE de Competências aumenta significativamente o sucesso na contratação de profissionais e minimizam as chances de perdê-lo ou até mesmo demiti-lo por outro aspecto que não seja o conhecimento.

Espero que tenham gostado de nossas dicas, acompanhe nosso blog vamos trabalhar a aplicação desse tema e outras matérias relacionadas em nossos próximos posts.

A equipe MARKARH agradece.

Marcio Bissoli – Consultor de Recursos Humanos

 

Share This