Não é segredo para ninguém que algo que não pode ser medido também não pode ser melhorado!

Negócios bem-sucedidos possuem indicadores que avaliam os resultados de suas operações em diversas vertentes, indo de ganhos financeiros, qualidade de seus serviços e produtos até a satisfação de seus clientes, seus ganhos com produtividade e receitas de vendas, entre outros aspectos mensuráveis ao lado tangível da empresa.

Porém esses indicadores medem os resultados das operações, mas não conseguem medir os aspectos intangíveis que afetam esses resultados, e quando falamos do intangível estamos falando de Pessoas. Existem muitos indicadores importantes construídos pela percepção das pessoas que trabalham na empresa, índices que explicam os resultados obtidos nos indicadores operacionais.

Embora a grande preocupação das empresas esteja sobre os resultados de suas operações, compreender os indicadores relacionados a Pessoas, permite aos Gestores identificar suas potencialidades e fragilidades gerando assim ações consistentes na busca de seus objetivos tangíveis.

Uma grande ironia nesse processo é que muitas vezes as pessoas não recebem a abertura necessária para expor seu ponto de vista sobre a empresa. Mas uma verdade é que essa é uma grande falha empresarial, pois ninguém conhece melhor sua empresa do que seus colaboradores e essa falta de espaço pode ocultar variáveis importantíssimas para o efetivo desempenho empresarial.

Uma importante ferramenta para gerar essa abertura a todas as pessoas da empresa é a Pesquisa de Cultura Organizacional ou também conhecida com Pesquisa de Clima Organizacional. Conheça alguns indicadores de ambiente importantes para o sucesso do seu negócio:

Canais de Comunicação:  Escutar o que pensa o colaborador, criando assim um canal de comunicação aberto e direto entre ele e a empresa.

Ambiente de trabalho seguro: Verificar a qualidade das condições físicas de trabalho, a infraestrutura, instalações e riscos do ambiente.

Imagem da empresa: Identificar o quando os colaboradores confiam na organização e suas políticas.

Retenção de talentos: Identificar o ponto de vista do colaborador, quando a benefícios e aspectos que impactam em sua continuidade no negócio.

Impacto das lideranças nas equipes: Medir o grau de satisfação do colaborador em relação as suas lideranças e como elas estão desenvolvendo suas equipes e direcionando-as na busca de resultados.

Inovação e Criatividade: Opiniões e sugestões criativas dos colaboradores para aumento da produtividade com qualidade.

Necessidade de desenvolvimento: Avaliar as oportunidades de treinamento e a percepção de carreira e crescimento que a empresa oferece.

Identificação de necessidade de treinamentos: Avaliar as oportunidades de treinamento e a percepção de carreira e crescimento que a empresa oferece, entre outros.

Conhecendo melhor a sua organização através das pessoas, permitirá a elaboração de planos de ação focados nas principais necessidades empresariais, garantindo assim a obtenção de resultados sólidos.

Espero que esse conteúdo ajude em sua jornada de aprimoramento!

Acompanhe nosso blog, pois nele traremos mais informações que podem lhe ajudar nesta jornada.

Marcio Atilio Bissolli

Gestão Estratégica de Pessoas.